Samsung apresenta os novos Galaxy S20 e Z Flip

Galaxy-S20-S20-Plus-S20-Ultra.jpg

A Samsung revelou no seu evento Unpacked 2020 em São Francisco nos E.U.A. os seus novos smartphones para 2020 na gama "S", o Galaxay S20 em diferentes versões e com um grande destaque para as câmaras e o Galaxy Z Flip com ecrã dobrável.

Como habitualmente neste evento a Samsung apresentou o seu novo topo de gama que estará disponível em três versões: o Galaxy S20, o Galaxy S20+ e o Galaxy S20 Ultra, todos eles também com suporte a redes móveis 5G:

 

  • Galaxy S20, com ecrã AMOLED de 6.2 polegadas (15.7 cm) com resolução de 3200x1440 pixels, bateria de 4 Ah, e três câmaras principais com uma Ultra Wide de 12MP F2.2, uma Wide Angle também com 12MP F1.8 e uma Telephoto de 64MP F2.0, a frontal conta com 10MP;

 

  • Galaxy S20+, com ecrã de 6.7 polegadas (17 cm) com a mesma resolução do S20, uma bateria de 4.5 Ah e um conjunto de quatro câmaras que além das do irmão mais novo S20 inclui uma DepthVision;

 

  • Galaxy S20 Ultra, o topo de gama com as melhores características, com um ecrã de 6.9 polegadas (17.5 cm), uma bateria 5 Ah e um conjunto de câmaras de luxo, uma Ultra Wide de 12MP F2.2, uma Wide Angle de 108MP F1.8, uma Telephoto de 48MP F3.5 e uma DepthVision, a frontal conta com um sensor de 40MP F2.2.

 

Hardware de topo e características de luxo com destaque para a gravação de vídeo em 8K (4320p) nas câmaras principais e 4K nas câmaras frontais, o ecrã com suporte a 120Hz com resolução Full HD (1080p), memória RAM de 8, 12 ou 16GB e memória interna de 128, 256 ou 512 GB com possibilidade de adicionar espaço extra com cartões microSD, finalmente os carregamentos rápidos também estão presentes com suporte a USB PD 3.0, no S20 e S20+ até 25W e na versão Ultra até 45W.

 

Os preços como expectável são elevados e começam nos €900 para o S20, €1000 para o S20+ e €1400 para o S20 Ultra, com uma oferta para os primeiros compradores de uns Galaxy Buds+, os auscultadores portáteis melhorados da Samsung também apresentados no evento.

Galaxy-Z-Flip.jpg

E depois dos problemas e pouco sucesso do Galaxy Fold a Samsung lança agora o Galaxy Z Flip também com o ecrã dobrável de 6.7 polegadas FHD+ (2636x1080 pixels) que promete ser uma revolução tecnológica no modo como o ecrã é utilizado permitindo ter um equipamento do tamanho de uma carteira que quando aberto permite ter um ecrã "inteiro" de luxo.

 

Full Video Replay: Galaxy Unpacked 2020 ]

 

Raspberry Pi 4 chega ao mercado com preços entre os $35 e $55

Raspberry Pi 4.jpg

 

Está a partir de hoje disponível uma nova versão do pequeno mas multifacetado Raspberry Pi, o Raspberry Pi 4 chega ao mercado com várias melhorias e mais opções, com um custo a começar nos $35 para a versão com 1GB de memória RAM, passando pelos $45 para 2GB de RAM e a versão de $55 com 4GB de RAM.

 

Comum às 3 versões está o CPU, um ARM Cortex-A72 quad-core a 1.5GHz, que promete aproximadamente até 3x mais performance comparado com a geração anterior, interface de rede Gigabit Ethernet e Wi-Fi 802.11ac (dual-band 2,4 e 5 GHz), Bluetooth 5.0 e duas das quatro portas USB a suportar a versão 3.0, na interface gráfica o novo Pi conta com dois portos micro HDMI para ligação de 2 monitores com resolução 4K.

 

Para programadores e não só o Raspberry Pi é uma opção muito completa e de baixo custo para desenvolver os mais variados tipos de projectos para servidores ou workstations sem custos elevados e com um consumo também baixo de energia e ocupando uma ínfima parte comparado com soluções mais tradicionais com motherboards de grande dimensão.

 

Raspberry Pi 4 on sale now from $35 ]

 

Evento Made by Google

 

O aguardado evento da Google com o slogan "Made by Google" decorreu hoje em São Francisco e depois de vários leaks sobre as novidades que seriam apresentadas hoje confirmaram-se todas, sendo a primeira vez que a Google aposta em força em hardware e marca própria.

 

Resumindo as novidades, a Google apresentou os seus smartphones sobre a marca Pixel, utilizada inicialmente no seu Chromebook Pixel e mais recentemente no seu tablet Pixel C e deixando assim a gama Nexus que ajudou bastante a evoluir o mercado de equipamentos Android, os novos smartphones vêm em dois tamanhos de ecrãs AMOLED, com 5" (1080p) e 5,5" (1440p), aproximadamente 12,7 e 14 cm, sendo a versão de maior dimensão designada de XL, em termos de dimensão o Pixel medirá aprox. 144 x 70 x 8,5 mm e a versão XL aprox. 155 x 76 x 8,5 mm, as baterias terão uma capacidade de 2770 e 3450 mAh respectivamente.

 

Comum a ambos os equipamentos será o CPU, um Snapdragon 821 quad-core com dois núcleos a 2.15 GHz e os outros dois a 1.6 GHz, 4 GB de memória RAM e memória interna de 32 ou 128 GB, as câmaras mereceram destaque na apresentação sendo a principal considerada a melhor em smartphones na actualidade, com 12 MP (vídeo até 2160p) e 8 MP (vídeo até 1080p) ambas prometem excelentes resultados mesmo em condições difíceis, ambos terão também o Google Assistant integrado no próprio sistema em vez de apenas através da aplicação Allo.  

 

Chegarão brevemente a vários mercados através da Play Store e alguns operadores, tendo sido anunciado o preço de $649 nos E.U.A., pelo que na Europa deverá ser lançado no intervalo entre os €600 e €700, nas cores estarão disponível três opções: Quite Black, Very Silver e uma edição limitada Really Blue.

 

Outra das novidades apresentadas foram os seus óculos de realidade virtual (VR) sendo os Pixel os primeiros smartphones preparados para utilizar em conjunto com este kit que incluí um comando tornando a interacção no ambiente virtual mais rica, quer seja a ver vídeos de 360º ou em jogos a experiência será mesmo imersiva.

 

E além do mercado móvel a Google aposta também no mercado residencial, com três novidades para a casa, o Google Home, o Google Wifi e uma versão renovada do bem sucedido Chromecast.   

 

O Google Home pretende ser um assistente comandado por voz e que pode interagir de múltiplas formas sempre através de linguagem natural, recorrendo ao Google Assistant é possível ouvir música, perguntar as mais variadas dúvidas ou obter informação sobre eventos ou o estado do tempo e do trânsito, sendo que com o passar do tempo se torna mais personalizado e eficaz na informação disponibilizada.

 

E tendo o mercado móvel ganho uma posição dominante através dos smartphones e tablets uma boa ligação à Internet é fundamental para tirar o melhor partido dos dispositivos Wi-Fi, neste campo a Google já tinha apostado nos seus router On Hub com a TP-LINK e a Asus mas vem agora reforçar a sua aposta com o Google Wifi, um pequeno equipamento que pode ser emparelhado com até 3 unidades para criar uma rede wireless que cubra sem problemas qualquer casa até 400 m2, sendo a gestão simplificada através de uma aplicação tal como acontece com os On Hub.

 

Finalmente uma aposta no streaming com o novo Chromecast Ultra com suporte a conteúdo 4K e HDR mantém o formato do Chromecast mas agora com suporte a vídeo Ultra HD e incluí ainda uma porta Ethernet. 

 

[ Made by Google ]