Evento Made by Google

 

O aguardado evento da Google com o slogan "Made by Google" decorreu hoje em São Francisco e depois de vários leaks sobre as novidades que seriam apresentadas hoje confirmaram-se todas, sendo a primeira vez que a Google aposta em força em hardware e marca própria.

 

Resumindo as novidades, a Google apresentou os seus smartphones sobre a marca Pixel, utilizada inicialmente no seu Chromebook Pixel e mais recentemente no seu tablet Pixel C e deixando assim a gama Nexus que ajudou bastante a evoluir o mercado de equipamentos Android, os novos smartphones vêm em dois tamanhos de ecrãs AMOLED, com 5" (1080p) e 5,5" (1440p), aproximadamente 12,7 e 14 cm, sendo a versão de maior dimensão designada de XL, em termos de dimensão o Pixel medirá aprox. 144 x 70 x 8,5 mm e a versão XL aprox. 155 x 76 x 8,5 mm, as baterias terão uma capacidade de 2770 e 3450 mAh respectivamente.

 

Comum a ambos os equipamentos será o CPU, um Snapdragon 821 quad-core com dois núcleos a 2.15 GHz e os outros dois a 1.6 GHz, 4 GB de memória RAM e memória interna de 32 ou 128 GB, as câmaras mereceram destaque na apresentação sendo a principal considerada a melhor em smartphones na actualidade, com 12 MP (vídeo até 2160p) e 8 MP (vídeo até 1080p) ambas prometem excelentes resultados mesmo em condições difíceis, ambos terão também o Google Assistant integrado no próprio sistema em vez de apenas através da aplicação Allo.  

 

Chegarão brevemente a vários mercados através da Play Store e alguns operadores, tendo sido anunciado o preço de $649 nos E.U.A., pelo que na Europa deverá ser lançado no intervalo entre os €600 e €700, nas cores estarão disponível três opções: Quite Black, Very Silver e uma edição limitada Really Blue.

 

Outra das novidades apresentadas foram os seus óculos de realidade virtual (VR) sendo os Pixel os primeiros smartphones preparados para utilizar em conjunto com este kit que incluí um comando tornando a interacção no ambiente virtual mais rica, quer seja a ver vídeos de 360º ou em jogos a experiência será mesmo imersiva.

 

E além do mercado móvel a Google aposta também no mercado residencial, com três novidades para a casa, o Google Home, o Google Wifi e uma versão renovada do bem sucedido Chromecast.   

 

O Google Home pretende ser um assistente comandado por voz e que pode interagir de múltiplas formas sempre através de linguagem natural, recorrendo ao Google Assistant é possível ouvir música, perguntar as mais variadas dúvidas ou obter informação sobre eventos ou o estado do tempo e do trânsito, sendo que com o passar do tempo se torna mais personalizado e eficaz na informação disponibilizada.

 

E tendo o mercado móvel ganho uma posição dominante através dos smartphones e tablets uma boa ligação à Internet é fundamental para tirar o melhor partido dos dispositivos Wi-Fi, neste campo a Google já tinha apostado nos seus router On Hub com a TP-LINK e a Asus mas vem agora reforçar a sua aposta com o Google Wifi, um pequeno equipamento que pode ser emparelhado com até 3 unidades para criar uma rede wireless que cubra sem problemas qualquer casa até 400 m2, sendo a gestão simplificada através de uma aplicação tal como acontece com os On Hub.

 

Finalmente uma aposta no streaming com o novo Chromecast Ultra com suporte a conteúdo 4K e HDR mantém o formato do Chromecast mas agora com suporte a vídeo Ultra HD e incluí ainda uma porta Ethernet. 

 

[ Made by Google ]

Sony apresenta a nova geração de smartphones Xperia Z5

A Sony acaba de apresentar os seus novos smartphones topo de gama Xperia Z5 na feira de electrónica IFA a decorrer como habitualmente em Berlim e onde muitas novidades serão relevadas já a pensar nas compras de fim de ano nesta área.

 

A nova gama Xperia Z5 apresenta-se com 3 versões que diferem essencialmente no tamanho dos equipamentos, a versão mais pequena, o Sony Xperia Z5 Compact com um ecrã de 4,6" 720p (~ 11,7cm), a versão standard o Sony Xperia Z5 com 5,2" 1080p (~13,2 cm) e a versão Premium com 5,5" 2160p (~14 cm).

 

Tal como as gerações anteriores os novos Z5 tem certificação IP68 o que lhes oferece protecção contra pó e água, destaque para a introdução de um leitor de impressões digitais no botão de power localizado lateralmente no equipamento.

 

O processador escolhido recaiu sobre o Qualcomm Snapdragon 810 com 4 núcleos A53 a 1.5 GHz e outros 4 A57 a 2 GHz, sendo a versão Compact acompanhada de 2GB de RAM e as restantes de 3GB, todas eles contam com 32GB de memória interna e possível expansão com um cartão microSD.

 

Também comum às 3 versões são as câmaras, a principal com 23 MP f/2.0 (5520 х 4140 pixels), zoom até 5x e capacidade de gravação de vídeo até 2160p@30fps e a câmara frontal com 5,1 MP e vídeo até 1080p.

 

As baterias Li-Ion não removíveis tem as capacidades de 2700, 2900 e 3430 mAh respectivamente para cada uma das versões apresentadas e que em conjunto com o STAMINA Power Saving Mode promete uma autonomia de 2 dias.

 

Os preços ainda não são conhecidos mas deverão chegar dentro de 1 a 2 meses aos mercados entre os €600 e os €900, a versão standard e Premium terá versões Dual SIM e embora os novos Z5 suportem carregamento rápido através do Quick Charge 2.0 da Qualcomm a Sony optou por manter a porta micro USB Type-B em vez da mais recente USB Type-C.

 

[ Sony unveils next-generation smartphone camera with Xperia™ Z5 and Xperia™ Z5 Compact, and the world’s first 4K¹ smartphone² Xperia™ Z5 Premium ]

2013 International CES

International CESInício do ano é sinónimo de International Consumer Electronics Show (CES), a maior feira de tecnologia do Mundo em Las Vegas que apresenta as muitas novidades da área que chegarão em 2013 ao mercado.

As novidades são imensas e nas mais variadas vertentes da tecnologia da informação, mas este ano há um destaque para as elevadas resoluções dos ecrãs nos equipamentos sejam smartphones, tablets, televisões ou computadores portáteis.

Entre as novidades mais promissoras está a Nvidia com a apresentação do novo chip Tegra 4 que tal como a anterior versão contará com 4+1 CPU’s mas com 72 GPU cores para um óptimo desempenho de gráficos em elevadas resoluções.

Nos smartphones a Sony apresentou os seus topo de gama Xperia Z e ZL, ambos com Android Jelly Bean (v4.1.2), um processador quad-core a 1,5 GHz, suporte a redes LTE, ecrã de 5″ 1080p HD e uma câmera de 13 MP (4128×3096 pixels).

Também no mercado das televisões a aposta é forte com várias marcas a postar em dimensões de ecrã maiores, resolução UHD (4K) e novas set-top-boxes para acesso a conteúdos diversos, mas ainda se aguarda a revolução nas TV’s talvez pela mão da Apple, Google, Microsoft ou outras empresas com a Netflix.

Todas as novidades podem ser acompanhadas na página web http://www.cesweb.org/ ou nas várias redes sociais.