Samsung Galaxy Unpacked 2019 apresenta os novos Galaxy S10

 

A Samsung apresentou no seu evento anual Unpacked a nova geração de smartphones da sua gama Galaxy S, a S10, que estará disponível em 4 versões: o S10e com ecrã de 5,8", o S10 com 6,1", o S10+ com 6,4",  e o S10 5G (ecrã de 6,7") que suportará já a nova geração de redes móveis 5G.

 

Dez anos passaram desde a apresentação do primeiro smartphone Galaxy S pela Samsung, a nova geração S10 traz um incremento nas especificações nomeadamente no ecrã, nas câmaras e na performance, características que se destacam nesta gama de topo da marca sul coreana, os modelos S10, S10+ e S10 5G vêm equipados com um ecrã curvo Dynamic AMOLED que inclui um sensor de impressões digitais ultra sónico, a versão S10e vem equipada com um ecrã plano e o sensor localizado na lateral.

 

Outro dos trunfos nesta nova geração são as câmaras, com as versões S10 e S10+ a incluírem três: uma telephoto de 12MP, uma wide também com 12MP e uma ultra wide de 16MP capaz de captar uma imagem num ângulo de 123º, a versão S10 5G incluirá ainda uma quarta câmara 3D de profundidade, já a versão S10e não inclui a telephoto mas apenas a wide e ultra wide, as câmaras frontais passam a estar "dentro" do ecrã no canto superior direito, dupla no S10+ e S10 5G e única no S10 e S10e.

 

Nos chipsets a Samsung vai apostar tanto no seu Exynos 9820 como no Qualcomm Snapdragon 855 dependendo do mercado de venda, ambos octa-core e com performances idênticas, no que à memória diz respeito a versão S10e terá 6 ou 8 GB de RAM com 128 ou 256 GB de memória interna, a S10 contará com 8 GB de RAM e 128 ou 512 GB de memória interna e o S10+ contará com 8 ou 12GB de RAM e as opções de 128 GB, 512 GB e 1 TB, todos com slot para cartões MicroSD até 512 GB, exceção feita para a versão S10 5G que terá 8GB de RAM e 256 GB de interna apenas.

 

Nota ainda para o Wireless PowerShare que permite carregar outros equipamentos directamente dos novos Galaxy, tanto smartphones que suportem o standard Qi como equipamentos wearable, por exemplo auriculares e smartwatches e o suporte a redes Wi-Fi 6 (IEEE 802.11ax).

 

Mas as novidades não se ficaram pela gama S10, a Samsung apresentou também o seu primeiro smartphone / tablet com ecrã curvo desdobrável, o Galaxy Fold, com 2 ecrãs AMOLED, um "exterior" de 4,6" e outro "interior" de 7,3", um novo smartwatch - Galaxy Watch Active com o Tizen OS 4.0, novas bandas de desporto - Galaxy Fit (AMOLED) e Galaxy Fit e (PAMOLED) e ainda os auriculares sem fios Bluetooth Galaxy Buds.

 

Agência para a Modernização Administrativa apresenta Carteira Eletrónica para os Documentos de Identificação

ID_GOV_PT.jpg

 

A Agência para a Modernização Administrativa (AMA) apresentou uma nova aplicação para os sistemas operativos Android e iOS que permite aos cidadãos guardarem e consultarem os seus documentos de identificação como o Cartão de Cidadão, Carta de Condução e Cartão da ADSE nos seus smartphones, permitindo também através de um QR code confirmar a autenticidade de um documento.

 

Com a nova aplicação vai ser mais fácil a um cidadão indentificar-se numa entidade pública ou de serviços recorrendo ao seu smartphone, através da reprodução de uma imagem autêntica e certificada para o mesmo efeito dos cartões físicos, a autenticação é feita através da Chave Móvel Digital, além da consulta é também possível partilhar os dados necessários.

 

Para garantir a segurança do acesso à aplicação é necessário definir um código de acesso, sendo também possível aceder com as impressões digitais gravadas no smartphone, é possivel também gerar um ficheiro PDF com os dados do respectivo cartão.

Google Play PT Badge.png

[ Agência para a Modernização Administrativa ]

Cloudflare disponibiliza aplicação DNS 1.1.1.1 para Android e iOS

Cloudflare DNS 1.1.1.1.png

Cloudflare apresentou em Abril deste ano um novo serviço público de DNS com o endereço 1.1.1.1 (e 1.0.0.1) utilizando a sua rede de mais de 150 datacenters por todo o Mundo (incluindo um em Lisboa) de forma a fornecer um serviço que permita aos utilizadores uma maior segurança e rapidez nos pedidos de DNS, fundamentais para a utilização da Internet.

 

O serviço foi muito bem recebido e a sua utilização tem crescido imenso pelo que agora a Cloudflare e depois de alguns meses de testes apresenta uma aplicação para que equipamentos com sistemas operativos Android e iOS possam utilizar este DNS sem que os utilizadores tenham que recorrer a configurações mais complexas e permitindo a utilização de qualquer pessoa.

 

A utilização desta aplicação ou outras similares (como o Intra da Google) é fulcral para uma utilização mais segura da Internet uma vez que protege o utilizador ao enviar os pedidos DNS cifrados e sem alterações maliciosas por parte de terceiros, particularmente em redes wireless Wi-Fi onde qualquer pessoa pode ligar-se e tentar interferir com a utilização de outros utilizadores.

 

A aplicação da Cloudflare não podia ser mais simples tendo apenas um botão para ligar/desligar o serviço e está pronto a funcionar, para utilizadores mais avançados é possível nas opções escolher a forma de encriptação entre HTTPS (DNS over HTTPS) ou TLS (DNS over TLS), ver o estado da ligação e os logs da aplicação.

 

1 Thing You Can Do To Make Your Internet Safer And Faster ]