Intel apresenta gama Core X e o topo de gama i9

Intel Core i9 X Series.jpg

 

A Intel acaba de apresentar os seus mais recentes processadores na feira Computex Taipei a decorrer durante esta semana na capital de Taiwan, e a aposta é alta com CPUs com melhor desempenho e uma nova série que se vem juntar aos actuais Core i3, i5 e i7, a nova gama Core i9 que começa com um chip deca-core (20 threads) até ao topo de gama octadeca-core (36 threads), uma resposta forte e necessária à concorrência da AMD com os seus topo de gama Ryzen.

 

Esta nova gama de CPUs a 8ª da série Core vem com um upgrade de chipset, o X299 e socket, o novo LGA 2066 que vem substituir o LGA 2011, uma diferença de 55 pinos que promete fazer diferença e elevar o desempenho nos sistemas, para já são 9 os novos processadores, do 4-core i5 ao 16-core i9, a lista completa (PDF):

 

CPU Cores / Threads Base Clock (GHz) Turbo Boost (GHz) TDP (W) Preço (US$)
i9-7980XE 18 / 36 TBA TBA TBA 1999
i9-7960X 16 / 32 TBA TBA TBA 1699
i9-7940X 14 / 28 TBA TBA TBA 1399
i9-7920X 12 / 24 TBA TBA 140 1199
i9-7900X 10 / 20 3.3 4.3 140 999
i7-7820X 8 / 16 3.6 4.3 140 599
i7-7800X 6 / 12 3.5 4.0 140 389
i7-7740X 4 / 8 4.3 4.5 112 339
i5-7640X 4 / 4 4.0 4.2 112 242

 

A disponibilidade ainda não foi anunciada mas estará para breve tal como os preços na Europa, a AMD também presente na feira tal como outros nomes de destaque prepara-se a curto prazo para lançar o Rayzen Threadripper um CPU 16-core (32 threads) para competir no mercado de topo.

 

Intel Core X-series Processors ]

Thunderbolt 3 adopta interface do USB-C e velocidade até 40 Gb/s

Thunderbolt 3 Graph.jpg

A Intel continua empenhada em apostar forte na sua interface Thunderbold que garante uma elevada performance mas com a sua ligação proprietária o que estará prestes a mudar e a tornar-se compatível com a interface reversível do USB-C com a nova versão Thunderbold 3.

 

Os equipamentos com ligação USB-C já começaram a chegar ao mercado e prevê-se que a sua adopção seja crescente quer em computadores quer em equipamentos móveis como tablets e smartphones, assim ao adoptar a mesma interface que a mais recente versão do USB o Thunderbold ganha relevância nas ligações wired entre equipamentos.

 

O Thunderbolt 3 irá permitir por exemplo ligar dois ecrãs com resolução 4K, carregar equipamentos mais rapidamente (máximo de 100W) e permitir velocidades de transferência até 40 Gb/s (10 Gb/s na 1a versão e 20 Gb/s na 2a).

 

Tanto o USB-C (versão 3.1 ate 10 Gb/s) como esta nova versão do Thunderbolt deverão chegar em força ao mercado até ao final deste ano o que garantirá uma maior performance e alguma uniformização nas interfaces e que beneficiará os utilizadores.

 

[ Thunderbolt™ 3 – The USB-C That Does It All ]

Intel disponibiliza a sua 5ª geração de processadores Core

5th Gen Intel Core Processor with Intel Iris Graphics.png

 

A Intel começa o ano de 2015 com a apresentação da 5ª geração de processadores da gama Core depois de alguns atrasos que vieram adiar o lançamento de vários equipamentos que esperavam os novos "Broadwell" (14nm).

 

Estreando o novo processo de fabrico de apenas 14 nm os novos processadores apostam em duas frentes: na performance e na economização de energia tornando-os muito eficientes e disponíveis para uma gama alargada de equipamentos desde desktops a laptops e passando por computadores híbridos.

 

Numa primeira fase a Intel disponibilizará 14 CPU's: dez de 15W com Intel HD Graphics e quatro de 28W com Intel Iris Graphics, todos eles dual-core (4 threads) desde o i3 a 2GHz ao i7 a 3,1 GHz.

 

Para o meio de 2015 ficam planeados os processadores com mais potência e performance quad-core tanto para desktops como para laptops, mas a evolução não para e já estão igualmente planeadas as novas gerações: "Skylake" ainda em 14nm para o final de 2015 e "Cannonlake" já nos 10 nm para 2016. 

 

E com o mercado de tablets a ocupar uma posição de relevo a Intel apresentou também os novos processadores 64-bit Atom "Cherry Trail” também recorrendo ao fabrico de 14 nm para um SoC capaz de enfrentar as mais exigentes tarefas do dia a dia.

 

 

Fonte: The Next Generation of Computing Has Arrived: Performance
to Power Amazing Experiences (PDF)