Google apresenta Android 10

Android 10

 

A Google apresentou hoje publicamente a décima versão do seu sistema operativo móvel - o Android 10, dez anos depois da primeira versão o Android ganha uma nova identidade visual e deixa os codenames de doçaria utilizados até então, desde o Android 1.5 "Cupcake" lançado em 2009 até ao Android 9 "Pie" lançado em 2018, este ano o esperado Android "Q" passa a Android 10 o que facilitará a sua identificação pelos utilizadores doravante.

 

Nesta nova versão além das habituais optimizações e correcções necessárias em relação à versão 9 "Pie" a Google destaca 10 novidades:

 

  • Live Caption - que vai permitir apenas com um toque ver legendas de vídeos, podcasts e mensagens de áudio, útil para ambientes mais ruidosos ou onde o silêncio impere;
  • Smart Reply - além das respostas já sugeridas nas mensagens passam a estar disponíveis também acções consoante a situação, como abrir o Google Maps para obter direcções até um determinado endereço;
  • Sound Amplifier - para um som mais claro e perceptível eliminando o barulho de fundo, requer a utilização de headphones, tem já disponível a aplicação na Play Store;
  • Gesture Navigation - a navegação por gestos está agora mais rápida e intuitiva nas operações de voltar atrás, ir para o ecrã inicial e ver as últimas aplicações utilizadas;
  • Dark Theme - o tema escuro transversal ao sistema operativo e aplicações para garantir uma melhor visualização com pouca luz ou durante a noite, permite também a poupança de bateria;
  • Privacy e Location Controls - o utilizador passa a ter um maior controlo e visibilidade nos dados partilhados com as aplicações, o mesmo com a partilha da localização que pode ser ajustada a cada aplicação;
  • Security Updates - as actualizações de segurança passam a ser feitas directamente via Play Store tornando o processo mas rápido e fácil, não sendo necessário uma actualização de sistema para ter os últimos updates;
  • Focus Mode - vem ajudar a controlar as aplicações que podem gerar mais notificações e distracções permitindo "parar" temporariamente ou esconder todas as notificações;
  • Family Link - uma opção útil para gerir os equipamentos dos mais novos, no tempo de utilização e aplicações instaladas, é possível saber também a localização dos mesmos;

 

O Android 10 começa já a partir de hoje a chegar a vários equipamentos, nomeadamente aos Pixel da própria Google e brevemente a vários de outras marcas, pelo menos os mais recentes, nada melhor que consultar nos meios do próprio fabricante para verificar se determinado equipamento irá ser actualizado.

 

[ Android 1010 things to know about Android 10 ]

 

Google apresenta Pixel 3 / 3 XL, Pixel Slate e Home Hub

 

A Google acaba de apresentar novidades no seu portefólio de hardware num evento realizado hoje em New York com a apresentação da terceira geração dos smartphones Pixel nas versões Pixel 3 e Pixel 3 XL respectivamente com ecrãs de 5,5" (~ 14cm) sem notch e de 6,3" (~ 16 cm) com notch, um novo tablet híbrido - o Pixel Slate com um Chrome OS mais refinado e potente para as mais variadas aplicações que pode ser completado com o Slate Keyboard e a Pixelbook Pen.

 

Para o ambiente doméstico a Google reforçou-se também nos equipamentos para a casa com a introdução do Home Hub que junta o Google Assistant com um ecrã e assim além dos comandos/respostas de voz é possível também aceder a informação visualmente, por questões de segurança e privacidade o novo Home Hub não inclui câmara, apenas os habituais microfones tal como já acontece nos restantes equipamentos Google Home, por fim chega também a terceira geração do Google Chromecast.

 

Nenhum destes equipamentos anunciados estará para já disponível directamente na loja da Google em Portugal, mas como referência os preços anunciados para os E.U.A. começam nos $800 e $900 para o Pixel 3 e 3 XL, $600 para o Pixel Slate (com o Slate Keyboard a $200 e a Pixelbook Pen a $100), $149 para o Home Hub e finalmente o Chromecast que mantém o preço nos $35 (€39 na área do euro) tendo a Google prometido disponibilidade em mais mercados no próximo ano...

 

Google hardware. Designed to work better together. ]

 

Google apresenta Android 9 “Pie”

Android 9 Hero.gif

 

A Google acaba de apresentar a mais recente versão do seu sistema operativo Android, a 9ª versão com o simples codename "Pie" com principal destaque para a inteligência artificial (AI) que promete tornar o sistema mais inteligente, mais fácil de utilizar e adaptar-se ao perfil de cada utilizador.

 

Desde a utilização prioritária da bateria, às aplicação e tarefas mais frequentemente utilizadas a nova versão do Android adaptar-se-á ao utilizador para lhe garantir uma melhor  experiência e rapidez na utilização do equipamento, o Android 9 terá a capacidade também de prever algumas acções e opções de utilização que poderá automaticamente ajustar sem a intervenção directa do utilizador.

 

Ao nível da interface o novo "Pie" traz também algumas novidades com a utilização de um único botão de navegação ao invés dos actuais três (Back, Home, Overview), com esta nova forma de navegação bastará deslizar para cima para aceder ao "Overview" onde se encontram as últimas aplicações utilizadas, outra adição interessante é o "Smart Text Selection" que consoante o tipo de texto seleccionado propõe acções específicas, caso seja um número de telefone, uma morada, uma localização ou um link por exemplo.

 

E dado que o tempo despendido por muitos utilizadores com os smartphones e tablets é cada vez maior e que pode ser um problema "invisível" o Android 9 passa a incluir algumas opções para que haja uma maior percepção da utilização, como o tempo gasto em cada aplicação, o número de desbloqueios ao longo do dia e o número de notificações, passa a ser possível desactivar aplicações temporariamente e com o novo modo "Do Not Disturb" para qualquer notificação durante a noite por exemplo.

 

A segurança, ponto fundamental em qualquer plataforma é também reforçada com a possibilidade de guardar informação sensível num chip seguro dedicado, que será certamente incluído nos novos equipamentos a serem disponibilizados, outras novidades será a utilização do TLS por omissão e o DNS over TLS para proteger também os pedidos aos servidores de DNS.

 

Os smartphones Pixel da Google serão os primeiros equipamentos a receber a actualização quer a 1ª geração de 2016 quer os Pixel 2 de 2017, o mesmo já não acontecerá aos Nexus, ainda assim várias marcas planeiam já a actualização de vários modelos, nomeadamente aqueles com menos de 2 anos desde o seu lançamento.

 

Android 9 Pie: Powered by AI for a smarter, simpler experience that adapts to you ]