Firefox 54 “The Best Firefox Ever”

Mozilla Firefox RAM Comparison.png

 

A Mozilla acaba de lançar a mais recente versão do seu web browser, o Firefox 54, com algumas novidades interessantes e que promete dar um novo ânimo, algo necessário para fazer frente à concorrência e manter-se como um dos melhores navegadores para a Internet.

 

O Firefox foi o primeiro web browser a fazer frente ao Internet Explorer (IE) numa altura em que este dominava largamente, mas que ultimamente tinha perdido alguma expressão com o aparecimento do bem sucedido Google Chrome e até mesmo do crescimento do Safari da Apple, mas agora a Mozilla com esta nova versão e as seguintes irá introduzir argumentos para ganhar novamente quota num mercado extremamente competitivo.

 

Um dos problemas agora resolvido e que fez com que muitos utilizadores abandonassem a plataforma era o consumo excessivo de memória a par de correr apenas num processo o que o tornava pouco eficiente, bastando uma tab bloquear para que todas as outras fossem afectadas, no limite o próprio browser ficava inutilizado, a partir desta versão 54 o Firefox vai dividir as várias tabs por processos diferentes até um máximo de quatro (projecto "Electrolysis" ou E10S).

 

Ainda segundo a Mozilla o Firefox consome menos RAM que os seus adversário mais directos: Google Chrome e Safari em sistemas Windows, macOS e Linux, para conhecer todas as melhorias e novidades o melhor é consultar as release notes,  outro projecto que está a ser trabalhado e testado e que melhorará a performace é o Quantum que será incluído até ao final do ano no Firefox.

 

Se são utilizadores "fiéis e resistentes" do Firefox está na hora de actualizar para começar a tirar partido das novidades, se utilizam o Chrome ou Safari valerá a pena testar este novo Firefox, quer estejam em ambiente Windows, macOS, Linux e mesmo em Android.

 

E falando de web browsers fica o conselho, actualmente o tracking na navegação web está sempre presente pelo que a utilização de um filtro/bloqueador é fundamental para uma navegação tranquila, segura e sem uma demasiada invasão de privacidade, como por exemplo o AdBlock, o Ghostery, o Privacy Badger ou o uBlock / uBlock Origin.

 

The Best Firefox Ever ]

Intel apresenta gama Core X e o topo de gama i9

Intel Core i9 X Series.jpg

 

A Intel acaba de apresentar os seus mais recentes processadores na feira Computex Taipei a decorrer durante esta semana na capital de Taiwan, e a aposta é alta com CPUs com melhor desempenho e uma nova série que se vem juntar aos actuais Core i3, i5 e i7, a nova gama Core i9 que começa com um chip deca-core (20 threads) até ao topo de gama octadeca-core (36 threads), uma resposta forte e necessária à concorrência da AMD com os seus topo de gama Ryzen.

 

Esta nova gama de CPUs a 8ª da série Core vem com um upgrade de chipset, o X299 e socket, o novo LGA 2066 que vem substituir o LGA 2011, uma diferença de 55 pinos que promete fazer diferença e elevar o desempenho nos sistemas, para já são 9 os novos processadores, do 4-core i5 ao 16-core i9, a lista completa (PDF):

 

CPU Cores / Threads Base Clock (GHz) Turbo Boost (GHz) TDP (W) Preço (US$)
i9-7980XE 18 / 36 TBA TBA TBA 1999
i9-7960X 16 / 32 TBA TBA TBA 1699
i9-7940X 14 / 28 TBA TBA TBA 1399
i9-7920X 12 / 24 TBA TBA 140 1199
i9-7900X 10 / 20 3.3 4.3 140 999
i7-7820X 8 / 16 3.6 4.3 140 599
i7-7800X 6 / 12 3.5 4.0 140 389
i7-7740X 4 / 8 4.3 4.5 112 339
i5-7640X 4 / 4 4.0 4.2 112 242

 

A disponibilidade ainda não foi anunciada mas estará para breve tal como os preços na Europa, a AMD também presente na feira tal como outros nomes de destaque prepara-se a curto prazo para lançar o Rayzen Threadripper um CPU 16-core (32 threads) para competir no mercado de topo.

 

Intel Core X-series Processors ]

Cabo submarino EllaLink ligará Portugal e Brasil em 2018

Optic Fiber Cable.jpg

 

A ligação digital entre o Brasil e a Europa irá ganhar um incremento significativo na sua capacidade com a construção de um cabo de fibra óptica submarino entre o Brasil e Portugal com os pontos de amarração em Fortaleza e Santos no Brasil e Sines em Portugal e ainda com ligações em Cabo Verde, nas ilhas Canárias e na Madeira.

 

O cabo será composto por quatro pares de fibra óptica e uma capacidade inicial de 12 Tbps (120 lambdas x 100 Gbps) em cada par totalizando a capacidade total os 48 Tbps podendo futuramente a capacidade ser aumentada para 18 Tbps por par (120 lambdas x 150 Gbps) e um máximo de 72 Tbps, terá uma extensão de aproximadamente 9400 Km entre Santos e Sines e um ramal de ligação a Fortaleza com cerca de 730 Km.

 

EllaLink Fiber Pairs.png

 

O projecto está a ser desenvolvido pela brasileira Telebras e pela espanhola IslaLink colmatando uma falha nas comunicações entre os dois continentes uma vez que a única ligação directa actual é feita pelo cabo submarino Atlantis 2 que opera desde o ano 2000 e com uma capacidade muito inferior ao agora planeado EllaLink, este projecto vai permitir assim uma melhoria significativa nas comunicações nos próximos anos e evitar a passagem destas pelos E.U.A. por um percurso directo e não sujeito a problemas de segurança.

 

Mas além do EllaLink outros projectos estão também em curso e que vão permitir aumentar a capacidade de ligação entre continentes, nomeadamente:

  • South Atlantic Cable System (SACS), entre o Brasil e Angola com aproximadamente 6100 Km.
  • South Atlantic Inter Link (SAIL), entre o Brasil e os Camarões com cerca de 5900 Km.
  • South America Pacific Link (SAPL), entre o Chile, Panamá, o Hawai e os E.U.A. com mais de 17000 Km.
  • BRUSA, entre o Brasil e os E.U.A., um projecto da espanhola Telefonica (Telxius) com 11000 Km.
  • MAREA, a ligar os E.U.A. a Espanha num percurso de aproximadamente 6600 Km, também desenvolvido pela Telxius em parceria com a Microsoft e o Facebook, terá oito pares de fibra e uma capacidade de 160 Tbps.

 

Existem ainda muitos outros projectos planeados para melhorar a capacidade de comunicação um pouco por todo o mundo, o site Submarine Cable Map dispõe informação sobre os sistemas submarinos actualmente em operação e os previstos para os próximos anos.

 

EllaLink | IslaLink ]